sábado, 15 de setembro de 2012

Mamãe está mudando o mundo

Difícil lidar com a vontade de mudar o mundo. Essa eterna sensação de não se conformar com as desigualdades, opressões e explorações que estão presentes em nossas vidas todos os dias.
Ainda mais nesta fase, beirando os quarenta, com filhos, casa e uma carreira capenga pra cuidar. É claro que tenho que abrir mão de muitas coisas para conciliar tudo isso, principalmente por optar pela maternidade ativa. 

Às vezes me sinto ultrapassada, como se devesse deixar para galera mais jovem a missão de lutar por mim. Mas essa não é a minha natureza. Minha insatisfação e indignação não se abrandam com uma casa maior, uma roupa mais bonita, um sapato ou uma bolsa.



Então, mesmo sem saber bem onde vou chegar, vou levando minha "causa" em frente.  Tenho um companheiro feminista, que me respeita, me apoia e luta comigo. Tenho amigxs de militância maravilhosxs, que me ajudam a perceber meus próprios privilégios e preconceitos. Tenho alunxs incríveis que me acompanham nessa jornada e todos os dias conheço alguém que me ensina um pouco mais sobre como podemos tentar ser melhores.


Hoje passei a manhã inteira debatendo o machismo e a opressão sofrida pela mulher na sociedade capitalista. Passei o almoço conversando com o Júlio sobre a nossa própria matriz de privilégios e tudo o que envolve as escolhas que fazemos.


Quando cheguei em casa, recebi via facebook esta foto, da Priscila, dizendo: lembrei de você.






Então é isso: quando eu privilegio a luta, eu ensino aos meus filhos que a família é muito mais do que a mãe carregando o mundo. Eu ensino que o pai pode protagonizar a educação e o cuidado, que a criação dos filhos é responsabilidade do casal. Que uma relação afetiva se constrói no respeito e que, sim, uma mãe militante não está deixando de educá-los, mas está contribuindo com a educação de todxs. 

Obrigada, Priscila, por me fazer perceber que, mesmo com todas dúvidas do mundo, estou conseguindo reverberar a transformação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário